.Vá se barbar, cidadão!

Junho 6, 2010 at 2:11 pm 20 comentários


São exatamente 21:18 de uma quinta-feira, eu estou na agência que trampo arrumando a incompetência alheia e ainda tenho que voltar pra cidade natal pegar uns bagulhetes na casa de mamãe e esperando o ftp terminar de subir alguns arquivos. E neste exato momento eu dei uma puta coçada na cara e lembrei que preciso, e muito, fazer a barba.

Aí me toquei do seguinte: pouca gente sabe realmente fazer a barba. Barbear-se é uma arte dominada por poucos homens. Homens mesmo, daqueles que coçam o saco, bebem 150 litros de cerveja e ainda dão um puta beijo apaixonado na mocréia da festa, ou pior ainda, na própria mulher. Barbear-se é um dos supra-sumos da macheza. Pense comigo: tu passa uma navalha (ou várias lâminas, no caso de barbeadores manuais ou elétricos) na cara, arranca todos os pelos, mantém a pele intacta e ainda sai vivo!

Tem que ser macho pra caralho rapá!

Num comparativo com as mulheres, podemos dizer o seguinte:
Mulheres costumam depilar a perna, suvaco e vagina. (E elas não sabem a sorte que tem – existem milhões de produtos de beleza à venda em qualquer supermercado para esse tipo de coisa, que facilitam desde a retirada sem dor dos pelos até fazer o crescimento deles ser mais suave sem coçar.)
Jaaaá os homens, tirando os nadadores e os jogadores do São Paulo Futebol Clube (ou pior ainda, do Rio Grande do Sul), só precisam se barbear. Rapar a cara mermo. Deixar igual quiabo.

Tem mulher que gosta. Tem mulher que não gosta. Vai da moça, acho. O problema é que barba grande, pelo menos no meu caso, coça pra caralho e me deixa com cara de mendingo.

E por que pouca gente sabe fazer a barba? Várias razões: não passa na TV como fazer isso de verdade, seu pai não te ensinou ou você simplesmente saiu da puberdade e agora começou aquela penugem que era seu buço virou um bigodinho ridículo digno de pena, e você não teve tempo hábil para aprender tal coisa.

Isso naaaão é mais um problema!

Antes de mais nada

Esteja com a cara limpa. Deixe uma toalha umidecida com água quente na cara por alguns minutos, ou barbei-se logo após o banho. Os pelos saem mais fácil e/ou são arrancados quase que pela raiz, já que seus poros estão todos abertinhos, igual puta veterana no Largo da Batata, Pinheiros, SP.

Lembre-se também de retirar as espinhas e cravos com alguns minutos de antecedência, pra eles não receberem um corte e infeccionarem. Não tem coisa pior que espinha infeccionada de barbear. Fica semanas essa merda e nego acha que você tem câncer na cara.
Vou te mostrar aqui o tamanho do câncer, ah se vou…

Quando terminar, molhe o rosto com água fria para fechar os poros, assim você evita infecções, sujeiras e outras ziquizilas :).

Escolha dos produtos

Creme para barbear

Começa daí. Logo de cara, aviso: esqueça as indicações, você vai precisar saber primeiro seu tipo de pele. Consulte seu dermatologista antes de mais nada. Ou pergunte pro teu pai o que ele usa.
Eu sei, viadagem, mas você está fazendo isso para passar uma lâmina na cara e todo mundo te achar normal por isso. Acredite, não é viadagem nenhuma.

Ok, você foi machinho, passou no médico e ele te disse seu tipo de pele. E agora, zé?
Agora é comprar produtos recomendados pra ela!

Pele oleosa
Mousse para fazer a barba e creme hidratante para manter os pelos sempre macios (ajuda na hora de barbear, e nas mulheres faz loucuras. Especialmente nos baixios secretos delas), mas aqui você vai ter que perguntar pro médico qual a marca recomendada (ou fazer pesquisa de campo, só que a cobaia vai ser, fatalmente, você)

Pele normal ou seca
Espuma de barbear mesmo, daquelas que você compra no carrefour já ajudam. Pra manter essa pelância toda macia, óleo de amêndoas. Qualquer um, só passar uma vez por dia no máximo. Acredite, essa porra em excesso vai foder com sua pele e te deixar com a pele extremamente oleosa, para não contar a parte em que você fca cheio de espinhas.

Viajei pro longinquistão, aqui ninguém se barbeia e não tem creme nem mousse no mercado, que eu faço?!
SABONETE e creme hidradante (que vai servir de pós barba). Dá pro gasto, mas você vai ter que ser muito, muito, muuuito cuidadoso. E sua pele vai ficar áspera no final de tudo, daí o creme. E se você der a sorte de ter apenas uma lâmina velha de 4 dias atrás, prepare-se para ter sua cara cheia de pereba no final, que só vai sumir depois de algumas semanas.

Aplicação
Passe na cara o produto que você escolheu, em movimentos circulares durante um minuto mais ou menos. Passe baaaaastante. Deixe agir mais um pouco e meta a navalha na cara.
Fazer isso ajuda a amolecer os malditos pelos e eles vão simplesmente deslizar junto com a lâmina. Igualzinho trepar com virgem com vontade louca de dar. LEGAL NÉ?

Escolhendo sua lâmina de barbear

Vai depender do quanto seus pelos estão grandes, da marca da lâmina, do fio da lâmina e da sensibilidade da pele.
Eu sei, aquela propaganda “a primeira faz tchan e a segunda faz tchun” é enganosa. Quem disse que barbear é simples?

Lâminas
Aqui há uma regra geral: quanto menos você giletar sua cara, melhor. Evita tirar muito das camadas de pele, evitando assim infecções, acúmulo de gordura e blablabla. Não procure o porque, só faça o que eu disse, caralho!

Falando por mim mesmo, já usei todas as lâminas da Gillete*, e a melhor para mim é a Mach 3. Meu irmão tem uma barba mais orc e pedreira que a minha, então ele usa o Sensor Excel. Não economize aqui, meu caro, lâminas  de qualidade vão evitar que sua cara fique toda rasgada e que você pareça um idiota depressivo que tentou se matar retalhando  a cara, e não os pulsos.

Passe-as sempre com muito cuidado, devagar, aos poucos. Passe num pedaço pequeno, tire os pelos do barbeador, passe no pedaço próximo…

… deve ser nessa parte que o pessoal desiste de fazer a barba. Certo, Lula?

Aparelhos de Barbear
Philips** na cabeça. Ou nos pelos, aonde você prefirir. Recomendados para quem tem pouca barba, ou a barba mais rala que jamais atinge altura e fica parecendo um bando de mosquitos na cara (like me! :D).

O problema desses é o custo de manutenção, ter que limpar e, salvo engano, trocar as lâminas sempre que estas ficarem cegas – coisa que acontece entre 6 a 12 meses (e o conjunto de lâminas nem é tão caro assim). E prepare-se: pra comprar um, é 150 real, PELO MENOS. Mas a economia a longo prazo compensa. Barbeadores manuais duram no máximo 2 semanas, o creme de barbear dura um mes. As lâminas do meu barbeador custam 10 reais e o creme, pelo menos 7. Multiplique tudo isso por doze, dá 204 por ano (pelo menos).

NAVALHA
O segundo suprassumo da macheza em um ritual feito por um macho. O primeiro é foder com um cu sem camisinha, mas no momento, vamos nos ater ao ato de barbear.
Considerado perigoso e para profissionais, segue o mesmo princípio da lâmina de barbear. Vá com cuidado, pense que sua cara é um clitóris gigante, e que a navalha é seu dedo, e você quer dar o máximo de prazer para ele. Você não mete um dedo com toda a força do mundo no clitóris, ele é sensível demais, certo?
A combinação navalha + rosto é a mesma coisa.

O durante

Nada de passar a lamina ou navalha no sentido contrário dos pelos. Isso ajuda eles a encravarem futuramente.
Passe a lamina caaaaalma e leeeeentamente.

Ordem pra fazer
Começe sempre aonde os pelos são mais macios e vá gradualmente para a parte em que eles ficam mais grossos. Geralmente é das costeletas pro queixo, sendo o bigode a parte mais macia, mas sempre tem uma excessão. Eu, por exemplo,os pelos do queixo são mais finos e macios que os da costeleta. Nunca se esqueça do pescoço também, sempre escapa um ou dois pelinhos lá.

E  lembre-se: DEVAGAR, CARALHO

Terminei, posso ir brincar agora, tio?

NÃO, PORRA! Como já disse lá em cima, é preciso fechar os poros, então taque a água fria na cara. Em abundância.
Sentiu uns pelinhos sorbrando no rosto? Aplique o creme/mousse na região e retire o pelo. Olha direito pra cara agora. Lisa, né? Pegue uma pinça e retire esses pelos que estão próximos ao nariz. Vai doer, mas você aguenta que eu sei. Molhe o rosto para garantir que fechou mesmo os poros.

Agora sim, passe a loção pós barba e parta pro abraaaaaço.

Cuidados gerais

. Sempre passe o creme hidratante ou o óleo de amendoas, especialmente no dia seguinte ao barbear. Os pelos já nascem macios, maaaacios.
. Deixe uma janela de pelo 24h entre um barbear e outro. Assim sua pele pode se recuperar. Eu geralmente faço a barba segunta, quarta e sexta, deixando os dias restantes para recuperar a pele
. Dependendo do grau de sensibilidade da sua pele, ela pode ficar com feridas. A loção pós barba ajuda a fechar essas feridas mais rapidamente, mas vai uma dica: deixe um pedacinho de papel higiênico no corte. Até colar na cara. Depois você tira. Pronto, parou o sangramento. Essa técnica ajuda a parar o sangramento mais rapidamente.
. Não deixe pra fazer a barba antes de um evento importante. Faça dois dias antes, pelo menos. Assim vc evita de ir no lugar com a cara retalhada.
. Nunca economize em laminas. Usou, joga fora, sempre, exceo no caso dos barbeadores elétricos.
. Caso apareça um pelo encravado, aperte ele igual uma espinha. Vai ser mais eficiente que abrir a pele a pinçadas para chegar nele.
.Se algum produto causar irritação, retire ele com água. Tipo, NA HORA QUE VOCÊ VER. Corra pro médico ver se deu merda e troque de produto.

*esse post não é pago. Juro.
**eu disse que não era pago. Se fosse, eu não citaria duas marcas concorrentes no mesmo texto.

Gbatista

Anúncios

Entry filed under: Anti-Cultura. Tags: , , .

.A Conspiração do Porco e o que o futuro tem a ver com isso .Os Males do Futebol

20 comentários Add your own

  • 1. VH  |  Junho 6, 2010 às 2:46 pm

    So mais a técnica do Homer Simpson, tem viadagem demais aí…

    Responder
  • 2. luizurtiga  |  Junho 6, 2010 às 2:51 pm

    nossa…quanta coisa para fazer…eu só pego no meio do banho e passo o gillete…ai os pelos caem no ralo mesmo e foda-se

    Responder
  • 3. Caio Borba  |  Junho 6, 2010 às 2:55 pm

    Tu conseguiu abordar esse assunto dá melhor forma , quanto conteúdo ! Tá de parabéns . Estou te seguindo . Quando puder dar uma lida nos meus textos ficarei grato

    Responder
  • 4. Mateus  |  Junho 6, 2010 às 2:59 pm

    por essas e outras eu desisti de fazer a barba.
    ando na rua já parecendo um mendigo rere

    Responder
  • 5. Nath  |  Junho 6, 2010 às 2:59 pm

    Ainda bem que não tenho barba ahuahauahau complicado
    ;*

    Responder
  • 6. Bernardo  |  Junho 6, 2010 às 3:41 pm

    infelizmente vou ter q concordar com os companheiros acima… pra fazer a barba só uso sabão e aqueles barbeadores de cabo amarelo mais baratos… o resto: take it like a man =)

    Responder
  • 7. o Horla  |  Junho 6, 2010 às 3:44 pm

    Só faço barba quando começa a coçar, uso o aparelho mais baratim que meu dinheiro pode comprar, uso o creme de barbear que estiver à mão, passo a gilete em cima das espinhas, corto o pelo no sentido contrario e saio parecendo o scarface.

    :P

    Responder
  • 8. Loke  |  Junho 6, 2010 às 4:52 pm

    Eu passo a gilete direto na cara e boa. Esse ritual aí é coisa de metrossexual.

    Responder
  • 9. gbatista  |  Junho 6, 2010 às 7:39 pm

    Eu nunca disse que isso é o jeito certo, esse é o jeito menos dolorido e fodedor da sua cara – que é seu cartão de visitas quando você vai conhecer uma mulher, e ela vê que você é um inútil que male male sabe fazer a barba, que dirá cuidar dela, ou não.

    Cada um faz do jeito que bem entende, como bem quer e sem torrar o saco alheio.

    Responder
  • 10. Ryan  |  Junho 6, 2010 às 7:58 pm

    Caras, eu costumo ir ao barbeiro. É eficiente. Gasta dinheiro, sim, mas os caras sabem cortar barba, diferentemente de mim.

    Só que dinheiro não dá em arvore. Fiz a barba duas vezes na minha vida (sem ir ao barbeiro, lógico).

    Pelo menos que eu me lembre (quando eu era menor eu fazia, só que não era barba, era uma porcaria adolescente tentando ser barba).

    Descrição dos casos:

    1) O jeito mais estúpido. Sabão, lâmina, feito. Argh…

    2) Eu devo ter demorado meia hora. É que a barba tava gigante, fios longos mesmo, e a lâmina era péssima. Foi um trabalho do caralho, mas não havia como fazer isso de maneira rápida (até por que a lâmina insistia em travar)…

    Era passar 4 vezes a lâmina no mesmo CENTÍMETRO QUADRADO de pele, ou sei lá…

    Responder
    • 11. gbatista  |  Junho 7, 2010 às 1:11 am

      Cara, eu usava lâmina + sabonete aos meus 15~16, quando tudo o que eu tinha de pelos na cara era uma penugem muito metida a bigode e olhe lá.

      Aí o tempo passou, cresci, e dois anos depois, fazer a barba apenas com sabão era sinônimo de deixar a cara completamente emberabada. Eu já não sou lá muito bonito, me barbeando desse jeito era algo como me declarar o horror da comunidade.

      E uma vez eu quase fui preso por atentado público ao pudor, por ter feito a barba assim :/.

      Quanto a barbeiro, eu nunca fui. Na cidade que cresci não tem mais essas coisas, é tudo cabeleleirO (no masculino mesmo) e nenhum deles sequer toca na barba. Mas menos mal, prefiro eu mesmo fazer essas coisas.

      Quanto ao seu segundo caso, como falei no texto: lâmina de boa qualidade, e de preferência, nova, sem uso. A gillete é a única decente nesse segmento, e acima dela, só a philips com seus aparelhos elétricos.

      Responder
  • 12. Jonathan Linguini  |  Junho 6, 2010 às 9:52 pm

    bem, eu tenho um cuidado mínimo pra me barbear

    pra mim é impensável deixar a barba grande, coça muito e incomoda pra caraliu, talvez seja porque eu não uso produtos pra amaciar a barba como o óleo que o GBatista recomendou, mas pelo menos compro lâminas boas uso espuma de barbear e não sabão e passo um creme pós barba, só não uso a técnica da água quente.

    acho o procedimento de barbeio um saco (assim como ir ao barbeiro pra cortar cabelo), geralmente só faço a barba quando começa a incomodar mas isso é nos meus momentos mais relaxados mesmo, ficar de barba feita e bonitinha è muito bom, bem melhor que ficar barbudão.

    vou seguir as dicas aí do GBatista, principalmente as que ajudam a barba já crescer melhor, a minha é muito grossa e “cheia” (que nem a cabeleira da cabeça)

    Responder
    • 13. gbatista  |  Junho 7, 2010 às 1:07 am

      Tem um aparelho da gillete que tem 5 lâminas, mas esse só é vendido em casas de importados (ou seja, lugar que eu nem chego perto).

      Eu também acho um pé barbear (tanto qeu eu faço isso umas 3x por semana), mas pelo menos a muié fica feliz.

      Quanto a sua observação sobre sua barba coçar ou não usando óleo, eu duvido muito não vá coçar depois de grande. Eu passo óleo (que não me lembro se coloquei no texto, mas você pode comprar um desses em qualquer farmácia chulumbrega), mas se fico duas semanas sem se barbear, ela COÇA. Aí não tem jeito, é na base do talho mesmo :/.

      Responder
  • 14. /taah  |  Junho 7, 2010 às 11:11 am

    E depois dizem que ser homem é mais prático xD #NOT

    Responder
    • 15. gbatista  |  Junho 7, 2010 às 12:58 pm

      Claro que é mais prático. Só precisamos barbear a cara. E depilar não as pernas, axilas, virilha :P

      Responder
  • 16. Ryan  |  Junho 9, 2010 às 1:32 pm

    Prefiro aparar a barba a fazê-la por completo (e no meu íntimo eu prefiro uma namorada que goste de barba, se bem que a situação tá tão feia que eu sou capaz de me livrar de minha barba que tanto gosto =/).

    Trair o movimento “barba”ro velho.

    Responder
  • 17. o Horla  |  Junho 12, 2010 às 9:33 am

    Esse texto transformou uma tarefa rotineira em um evento! Bem escrito. xD

    Responder
  • 18. Gizele  |  Julho 5, 2010 às 2:21 pm

    Muito bom o texto. Meu pai não faz nada disso, é gilette e sabonete e só; é por isso q qndo pequena, tinha alergia à barba dele. Mas eu prefiro barbudinhos. Sei lá, é mais cool. :P

    Responder
    • 19. gbatista  |  Julho 5, 2010 às 6:22 pm

      Tipo vc encostava na barba dele e sua pele pipocava?

      Pode ser que sua pele seja sensível. A da minha namorada é assim tb, qq encostadinha que dou nela e o pedaço encostado fica pipocado

      Responder
  • 20. Lívia  |  Outubro 24, 2010 às 4:59 pm

    Nossa, meu pai é suuper cuidadoso coma barba dele, ela émuito grossa e cheia, ele fazia ela sempre,mas pormais cuidado que tinha sempre irritava alguma parte, daí ele assumiu a barbona mesmo =D

    Mas nossa,como ele cuida, eleé do tipo meticuloso, tem o aparelho de aparar a barba, comprou uns 3 pra achar o que melhor lhe convinha, antes ele ia direto no barbeiro, agora ele fazem casa, apara o comprimento e passa a lamina para dar a forma, que o barbeiro jah tinha deixado preveamente…
    uhauHAUahUHAUhaUAUhaUHA

    Eu tbm tenho alergia a lamina,toda vez que passo naperna, n ha cristo que faça ela não embolotar. =\

    Mas é isso ai, gostei aprendi e ri mtu com o seu texto,
    PARABENS!!!

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 20 outros seguidores


%d bloggers like this: