.Já peguei a mulher. E agora?

Abril 23, 2010 at 2:18 pm 20 comentários

Rapaz, até que aquele post de ensinamentos básicos (não dicas) sobre como pegar mulher rendeu frutos! Pelo menos um monte de menininhas (e um bando de mulherzinhas, depois explico a diferença básica) me xingando de machista e algumas até me chamaram de ridículo. Minha namorada, pra começar, a sogra que leu o texto, todo o mulherio familiar meu e dela e praticamente todas as minhas amigas que leram meu texto.

Claro que obviamente eu entendi como “nossa guilherme, como vc é o máximo, vc é muito másculo e eu quero dar para você!”, essa parte só foi interpretada por todas que não eram da minha família.

Pois bem. Tu foi lá, descobriu seu jeito de chegar na sua she-nerd fofa, meiga e cheirosa, pegou na mãozinha, deu aquele chupão de língua à lá francesa e meteu a mão na bunda fortemente na garota, seguindo-se a tórrida noite de trepada descabida e que deixou ela gamada.
Claro que eu falo por mim, a maioria de vocês vai pular a parte do “meteu a mão na bunda” e “tórrida noite de trepada descabida” que eu sei. Do contrário vocês não seriam nerds, seriam, no máximo, pseudo-nerds (como aquela galerinha do twitter que vive se gabando de ter namorada). E vocês não querem trair o movimento, mas estou me enrolando em circuncólogos*. Tu finalmente chegou na garota e finalmente tem seu cobertor de orelhas, sua agarradora de pau, aquela coisa linda e cheirosa que vai praticamente chutar suas bolas se você olhar acidentalmente para os peitos de uma peitudona que está descendo a rua, em um sentido contrário ao seu, e invariavelmente vai entrar na linha de tiro da sua miópica visão, para não dizer que vai praticamente arrancar seus cabelos na tpm e, caso você pergunte o que ela tem, receberá em troca um “NAAAAAAAAAAAADAAAAAAAAAAAA”, com graus de decibéis muito acima do recomendado pela OMS que te deixaram com chiado nos ouvidos por semanas.

Mas o amor é lindo, e aquelas marcas de unhadas que você tem nas costas comprovam isso. E sim, unhadas nas costas. Só os efetivamente homens** sabem o que isso quer dizer realmente.

Prossigamos. Haja vista a quantidade irritante de comentários dizendo “belo manual”, eu vou enfatizar dessa vez:

NÃO É UMA PORR# DE UM MANUAL DE CAFAJESTAGEM, PEGAJEM DE MULHER OU QQ MERD# DESSE TIPO, FUI CLARO?

#= editado pelo editor, hehe

Dado claro esse ponto, e agora que eu sei que a educação que sua mãe te deu foi pras cucuias depois do primeiro post, vamos dar continuidade à coisa:

Nada de brigas.
Vocês acabaram de ter uma porra de uma discussão e ela insiste em algo que vocês simplesmente sabem que é difícil de ser resolvido. Cale a boca dela dando um beijão, dizendo “ASSUNTO. ENCERRADO.” e depois rume para um motel.
Brigar é perda de tempo, deixe para fazer isso quando ela tiver, por exemplo, internada, esperando atendimento e ninguém dando lhufas sequer, mesmo com o plano de saúde em dia.

Presentes, presentes, presentes…
Moças do meu coração, vocês sabem que são materialistas, os homens sabem que vocês são materialistas e até meu dálmata sabe que vocês são materialistas, então assumam isso logo e não se ofendam com o que eu vou falar abaixo.
Rapazes, deem presentes. Sempre. Flores, chocolates suíços (de toblerone PRA CIMA, se um dia você der um chokito para ela, se mate), esmaltes caros, perfumes, anéis de prata, ouro, diamante, ouro negro, ouro fundido com diamante, e conforme a intimidade vai aumentando, lingeries e vibradores.
É, você leu certo, seu idiota. Vibradores. Para quando ela estiver sem você, ou quando ela quiser dar uma apimentada enfiando algo na frente enquanto você vai por trás.
CASO A SITUAÇÃO APERTE: recentemente passei por isso, uma pendura desgraçada que só agora foi resolver. A crise bateu tardiamente à minha porta, enquanto o mundo inteiro se reerguia. Seja criativo nessas horas rapá, e te vira com o que tiver em mãos. Como já disse um velho sábio, nada bate a dobradinha flores+chocolate.
Tipo rosa cubana (aquela ROBUSTA, sabe? Que de tão vermelha e grande, é obscena) + caixa de chocolate ferrero rocher + alguns bombons da Kopenhagem.

Sim, eu sei, isso não é “barato”, mas meu amigo, foi pra isso que eu disse “Tenha independência financeira” na primeira parte desse texto.

Cavalheirismo é bom; ser servo dela, não
Muita gente que foi criada pela mãe descobre tardiamente o significado de ser “servo” e esqueçe o que é “cavalheiro”. Servo é abrir a porta do carro, tirar ela de lá e levar no colo pro quarto do motel todo. Cavalheiro é fazer isso em uma noite especial. Não há muito o que escrever aqui, você vai ter que aprender a diferenciar isso na raça, meu filho, MAS, cabe um aviso: quando você for o servo dela, ela vai simplesmente pisotear e sapatear na tua cabecinha oca enquanto, em um rápido movimento, arranca-lhe as bolas e a masculinidade. E para resolver isso, meu caro, ou você larga essa vadia de vez ou dá-lhe uma sessão dupla de pica-grossa-non-stop, e chame-a de “minha vaquinha” na manhã seguinte por minha conta. Ela vai te dar um beijinho na bochecha e te chamar de “meu gostosinho”.
Vai nessa, por minha conta meu filho. De nada.

Rotina?
Passeio a lugares diferentes sempre vai bem, obrigado. Pode ser o centro histórico da sua cidade, um parque novo, um caminho diferente, o tibet, Paris, Amsterdã ou a casa da tua avó. O importante é você propor o que vocês irão fazer. VOCÊ, caralho, não ela.
Nada mais espanta uma mulher do que ela perguntar “aonde vamos hoje amor?” e ele responder “aonde vc quiser querida”…

Considerações finais
Um relacionamento se constrói a base de carinho e respeito mútuo, acima de tudo. Como eu disse, se ela trepudiar, parta para outra (e o mesmo vale para ela, teje claro). Ao sinal da primeria crise, não se desespere: milhões de casais enfrentaram crises e tão firmes e fortes até hoje, por que diabos com vocês dois seria diferente?

Enfins, apenas pincelei os temas. Abordarei eles mais em breve.

Até a próxima e que fungos pungentes crescam-lhe no anus e tapem seu buraco anal, fazendo assim com que saia fezes pelo seu ouvido e vc morra. Grato.
*estou com o conto “Um Sussuro nas Trevas”, de HP Lovecraft, e as cartas escritas entre as personagens está afetando minha capacidade escritural. Não estranhem se verem colóquios pouco contemporâneos, é efeito de cheirar fungos de Yuggoth.
**tem todo um rito de passagem para você considerar a diferença entre um ser cheio de penugem com voz estridente (adolescete) de um homem. A voz, para começar, a quantidade de arranhões nas costas, cicatrizes no corpo decorrentes de eventuais batalhas, porres homéricos after 18 (quem disse que precisa ser ilegal?), partidas de poker ganhas e carros na coleção particular.

gbatista

Advertisements

Entry filed under: Uncategorized. Tags: , .

.Série: Roma .Utilidade Pública

20 comentários Add your own

  • 1. ana  |  Abril 24, 2010 às 3:37 pm

    Você realmente existe? Se não apanhou de alguma mulher pelo quer que seja que tenha escrito antes com certeza ainda vai apanhar,por este ou pelo próximo prodígio em que pretender analizar a psique feminina .

    Certeza que ainda tem namorada???

    Boa sorte Mr Gbatista, você vai precisar.

    p.s.: Como texto eu até ri muito, bem entendido, como ficção.

    Responder
    • 2. _g  |  Abril 25, 2010 às 5:26 am

      Acabei de ler como “Sr. Gbatista, eu te achei muito fodão e quero dar pra você, me manda seu tel!”

      Lamento querida, tenho namorada já.

      Responder
  • 3. André  |  Abril 24, 2010 às 3:49 pm

    Cavalheirismo é bom; ser servo dela, não

    opa, disse tudo

    Responder
  • 4. Ryan  |  Abril 24, 2010 às 4:07 pm

    Genial.

    Aplausos, Guilherme, conseguiu novamente.

    Responder
  • 5. Deane  |  Abril 24, 2010 às 4:08 pm

    Você acertou nos presentes, mas não pense que todas aceitam facilmente; dêem presentes para agradar fazê-la feliz e não para tentar comprá-la. Lembrem-se todos os homens são iguais, as mulheres não.
    Sobre o cavalheirismo, esse lance de abrir a porta do carro me dá uma agonia, claro que é uma gentileza e se a mulher vai gostar ou não depende muito dela; eu por exemplo até acho bonitinho se for feito uma vez ou outra em alguma ocasião especial; acho bonitinho mas não gosto.
    Algumas mulheres dizem que não, mas acredite: se você a tratar com mimo e frescurinhas demais ela vai ficar mal acostumada e acredite, ela vai pisar em voce sempre que tiver oportunidade.

    Responder
    • 6. _g  |  Abril 24, 2010 às 11:18 pm

      Bom, a intensão do presente não é comprar a pessoa.

      E ademais, como eu disse, gentileza tem hora, ser gentil demais só vai fazer vc virar o capachinho cachorro dela. E eu aprendi isso da pior forma :P

      Responder
  • 7. VH  |  Abril 24, 2010 às 4:22 pm

    Poxa muppet, acho que tinha que ser um pouco mais claro nesse post com relação ao outro, ainda to travado naquela parte e

    Responder
    • 8. _g  |  Abril 25, 2010 às 5:30 am

      travado NAONDE?
      por favor, complete sua frase para que eu mande ao departamento de crianças chinesas responsáveis por digitar minhas respostas.

      Morra sendo um jóquei de piroca. Grato.

      Responder
  • 9. Juca Chaves  |  Abril 24, 2010 às 5:52 pm

    Bela continuação do manual :)

    Responder
  • 10. Jonathan zZZzZZz  |  Abril 25, 2010 às 5:44 pm

    “Claro que eu falo por mim, a maioria de vocês vai pular a parte do “meteu a mão na bunda” e “tórrida noite de trepada descabida” que eu sei. Do contrário vocês não seriam nerds, seriam, no máximo, pseudo-nerds (como aquela galerinha do twitter que vive se gabando de ter namorada).”

    estava esperando o Muppe.., Digo Guilher.. digo, Gbatista admitir que não é nerd. não que isso seja algo ruim e.. esquece.

    ah, e nem deu tempo de executar a parte 1 e já teve a parte 2.

    Responder
    • 11. gbatista  |  Abril 25, 2010 às 10:07 pm

      :D
      Eu NUNCA disse que sou nerd :P

      O resto do mundo diz que eu sou. Eu nunca neguei. Nem concordei :P

      Responder
  • 12. Ryan  |  Abril 25, 2010 às 6:51 pm

    “Lembrem-se todos os homens são iguais, as mulheres não.”

    Essa é a mentira mais deslavada do mundo, morra.

    Responder
    • 13. gbatista  |  Abril 25, 2010 às 10:09 pm

      é, concordo, ela é igualzinho às outras mulheres. Tem um cérebro, sistema respiratório, alguns membros com função locomotora e alguns com função motora, além de sistema digestivo e sistema sexual para fins de reprodução.

      Morra engasgado por sêmem. Grato.

      Responder
  • 14. o Horla  |  Abril 25, 2010 às 9:46 pm

    “Lembrem-se todos os homens são iguais, as mulheres não”, claro que todo mulher é igual, todas elas só sabem repetir “todos os homens são iguais”. Sim, vc é igualzinha a qualquer outra Deane, não se iluda achando que é “especial” ou “diferente”! xD

    Apesar do tom irônico e divertido na escrita, TUDO o que o peste escreveu nos dois manu… digo nos dois posts, é verdadeiro. Só lamento ninguém ter me dito isso tudo quando eu era um moleque, iria me poupar muito aborrecimento. ^^

    “estou com o conto “Um Sussuro nas Trevas”, de HP Lovecraft, e as cartas escritas entre as personagens está afetando minha capacidade escritural. Não estranhem se verem colóquios pouco contemporâneos, é efeito de cheirar fungos de Yuggoth.”

    Desde que vc não diga que tem a “coisa assimétrica de um verde/amarelo doentio está sentada num trono ciclópico” ou coisa parecida, já está bom. Nunca vi descrição tão pobre e imprecisa quanto às do Lovecraft. :P

    Responder
    • 15. gbatista  |  Abril 25, 2010 às 10:19 pm

      Apesar do tom irônico e divertido na escrita, TUDO o que o peste escreveu nos dois manu… digo nos dois posts, é verdadeiro. Só lamento ninguém ter me dito isso tudo quando eu era um moleque, iria me poupar muito aborrecimento. ^^

      GRANDE PAI AMADO, FINALMENTE ALGUÉM ENTENDEU ESSA PORRA SEM EU TER QUE FICAR EXPLICANDO ESSE TIPO DE TEXTO E ADMITIU ISSO PUBLICAMENTE.

      Obrigado Horla, obrigado mesmo, gente como você me faz sentir ainda uma ponta de esperança na humanidade.

      Sim, vc é igualzinha a qualquer outra Deane, não se iluda achando que é “especial” ou “diferente”! xD
      Ahrn… então, eu não coloquei isso no texto, mas toda mulher tem um conjunto muito específico de cheiros e gostos que a tornam diferente das demais, MAS, apesar disso, ela CONTINUA sendo igualzinha às outras mulheres: gosta de ver que o pretendente (ou A pretendente, vai saber) possui meios de lhe assegurar uma vida confortável (por isso a parte do “dar presente” e “tenha uma indepêndencia financeira”), gosta de ser levemente mimada (como a parte do ser gentil) e gosta de ficar bem vestida, limpa, arrumada e cheirosa (parte que irei abordar em breve) :P.

      No fundo, toda mulher gosta mesmo é de dar pro pai dela, e é tudo uma questão do homem se tornar esse pai (coloque aqui a figura paterna, não o pai biológico efetivo, certo?)

      Responder
  • 16. Thah  |  Abril 26, 2010 às 12:32 am

    rsrsrs bem verdade parte do que está escrito.
    Nós adoramos mimos, mas sem exageros afinal, mimos demais dão a impressão d q estamos sendo tratadas como crianças e, dãaa não somos né?! (pelo menos algumas).
    E, é triste e bom admitir, nós pisamos em vcs ^^ mas vcs gostam, nós gostamos e todo mundo vive em paz! ^^

    gostei do texto, não li a parte 1 e portanto não sei se deveria querer bater em vc tbm, rsrs, só achei meio exagerados alguns termos(boca suginha a tua hein?!?!). enfim…

    Responder
    • 17. gbatista  |  Abril 26, 2010 às 1:20 am

      (o certo é boca suJinha…)
      Me fale um homem que gosta de ser pisado por alguma mulher (tirando os podólatras e sadomasoquistas) e eu te falo QUANDO ele perdeu as bolas, a masculinidade e o amor próprio.
      E isso se extende a mulheres também.

      Quanto à primeira parte do texto, mea culpa, fiquei de colocar enquanto editava, aí bateu a fome e acabei comendo o link. Segue-o, pois:

      Responder
  • 18. Ariane  |  Maio 9, 2010 às 5:58 pm

    As rosas são “Colombianas” e não Cubanas.

    E não, minha mãe nem sequer imagina que você sabe escrever. Ainda mais num blog.

    Responder
  • 19. Letícia  |  Junho 15, 2010 às 11:31 am

    Não é beeemmm assim… mas confesso que tem um certo sentido nisso tudo ai!!! E é claro que todos sabem, tanto homens quanto mulheres, o que vale é deixar subentendido… cada um fazendo sua parte para dar e receber!

    Responder
    • 20. gbatista  |  Junho 15, 2010 às 9:50 pm

      Quem é que vai dar e quem vai receber aí?

      Favor evitar frases com colocações de duplo sentido, grato.

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 20 outros seguidores


%d bloggers like this: