.Twitter: como chamar a atenção de meio mundo para o seu próprio mundo (e outras sandices)

Janeiro 2, 2010 at 12:00 pm 17 comentários

Feliz 2010 para todos!!! Feliz ano novo meus bons nerds e não nerds!!! Antes de tudo mais, quero agradecer pela atenção e pelas congratulações que todos me concederam pelo meu post anterior, tentei fazer o meu melhor. Nesse novo post continuarei a alimentar minha indignação pelo gênero humano críticando não só o sentido do twitter mas também a ausência do amor pelo próximo e espero ainda mais novas críticas, elas me movem!!!

Então vamos logo ao que nos (des)interessa…

Twitter, a nova mania mundial, a nova fonte de dor de cabeça dos pais, a mais nova maneira de ser narcisista ao extremo. Eu não possuo, nem almejo possuir tal desnecessidade. Mas fico a pensar sobre “que raios” as pessoas acham graça nisso. Marketing pessoal?! Pura vontade de aparecer?! Ou apenas vontade de dizer o que sente de uma maneira mais invasiva?! Tanto faz, isso me dá nojo, faz-me repugnar ainda mais certas pessoas, mas, para minha maior surpresa, faz-me compadecer ainda mais do gênero humano, principalmente perante a sua incapacidade de ser humano.

Eu possuo a péssima mania de julgar a raça humana (hipocrisia pura da minha parte, eu sei), mas “venhamos e convenhamos”, que “criatura superior” é essa que é capaz de matar seu próprio Deus? Ou então, que “ser superior” é esse que, em vez de direcionar o seu amor ao próximo, prefere ficar fantasiando seus animais de estimação ao ponto de mata-los de estresse?!

Percebo que, a medida que a sociedade vem se informatizando, o calor humano, o contanto, o olho no olho vem tornado-se cada vez mais difícil e improvável de ocorrer. Seja o Twitter, seja o Orkut, MySpace ou qualquer outro site de relacionamentos (ou mini-blog, que seja!) estão servindo para apenas distancias ainda mais as pessoas, visto que, uma vida virtual é muito mais fácil de controlar que a real, visto que, na vida real, tudo é muito mais difícil e ai que está o “X” da questão, a incapacidade das pessoas de lidar com sua vida, e com seus problemas.

O aumento do narcisismo, ao meu ver, vem sendo apenas um reflexo da falta de interação entre os indivíduos humanos. Chamar a atenção hoje em dia é muito mais que apenas “aparecer”, há toda uma gama de fatores que possam vir a acarretar tal reação.

A solidão é uma das principais razões pelo qual tantas pessoas atualmente fazem de tudo para serem o centro das atenções. As crianças agem dessa forma, ao se sentirem excluídas ou solitárias, mas como pode-se observar, é uma reação um tanto anômala para um indivído com sua personalidade já formada (Lindsey Lohan que o diga, Paris Hilton também!). Outro fator que, ao ver de minha reduzida perspectiva, mostra-se evidente em nosso meio é a influência paterna (dos pais, não somente do pai). Crianças de 10 anos estão se tornando mais prepotentes que o Roberto Justus. Pré-adolescentes agindo com o maior descaso com os demais indivíduos da sociedade, sem ao menos preocuparem-se com seu futuro.

Muito ainda há para se caminhar, muito ainda há para avançar, mas no final, tudo irá enfim, dar certo, assim espero. A falta do verdadeiro amor vem corrompendo mais e mais corações, fartos de solidão e tristezas. A sociedade esta cada vez mais perto do fim, mas até lá, ainda há o fio de esperança de que, enfim, possa tudo estar certo, ao menos em parte.

Para concluir quero que assistam o vídeo abaixo, uma crítica para os fanáticos.

P.S : Se você é um tweetermaniaco, cuidado para não enfartar com a verdade.

Davi/The Head

Advertisements

Entry filed under: Anti-Cultura. Tags: , , .

.A relatividade da suposta “irracionalidade” .Curved Air

17 comentários Add your own

  • 1. Pulga  |  Janeiro 2, 2010 às 2:29 pm

    Somente o twitter de pessoas famosas são lidos, ninguém lê o twitter das pessoas não famosas, mas as pessoas não famosas que ainda escrevem.[

    FAIL

    Mas quanto a ignorar isso para ter mais calor humano, err…Parece minha mãe falando : vai criar vida social garoto, sai deste computador! Concordo e discordo, precisamos do comentário de um psicólogo (o Freud do Uaréva serve) para falar se redes sociais realmente estão fazendo mal e…

    Nhá, pra que jogar futebol com amigos se posso jogar aqui em emuladores? Haha. Boa sorte, sr. Head da área de Sociologia e Psicologia.

    E bem, o vídeo resume tudo :P

    Responder
    • 2. The Head  |  Janeiro 2, 2010 às 5:21 pm

      São argumentos que vão diretamente contra o “nerd way of life” e eu realmente, quando escrevi isso, estava sobre influência materna. Tentar fugir do bloqueio criativo dá nisso…

      Me sinto um tanto inútil ao ver que não há muito sentido ao escrever isso…

      Precisamos do comentário de um psicólogo [2]

      Responder
  • 3. Pulga  |  Janeiro 2, 2010 às 2:34 pm

    Agora temos o formspring, certo? Mas até que eu gostei… Não pelas perguntas imbecis e amigaveis, mas fazer perguntas de verdade, perguntando quais as doutrinas religiosas, por que, qual o pensamento político…

    Mentira, é tão fútil quanto todos os outros :D

    Responder
    • 4. The Head  |  Janeiro 2, 2010 às 5:23 pm

      O formspring.me é uma tentativa ordinária de ser pior que o twitter e o mais incrível é que funcionou…

      Responder
  • 5. Professor Pardal  |  Janeiro 2, 2010 às 5:31 pm

    Se falar a vocês, não acreditarão!!!!!!!!!!!!!
    Eu como professor e cientista bicudo fui ao site do twitter ver que porra é essa,
    enfim, não conformado pelos avisos e criticas do meu caro amigo Cérebro,
    fiz uma conta e fui ver oque era:
    BArbaranumseidoque:
    estou comendo sorvete com coca cola =(
    Nerdpunhetero:
    baixei a coleção inteira das “brasileirinhas”, uhuuuuul…
    Enfim, não aguentei tamanha babaquice e fechei aquela janela.

    Responder
    • 6. The Head  |  Janeiro 2, 2010 às 5:42 pm

      auhahuahuauh… e, meu cara Professor, você acha que eu também não entrei nesse raio só para saber como funciona? Claro que sim, mas minhas estadia não durou mais do que 20 minutos, que foi o tempo para eu aprender sobre o objetivo, layout e sobre as pessoas que frequentam esse raio…

      Responder
  • 7. Daniel Silva  |  Janeiro 2, 2010 às 6:12 pm

    Entrei no twitter há pouco para divulgar as postagens do meu blog, espero que um dia funcione.

    Abraços.

    Responder
  • 8. Fábio  |  Janeiro 2, 2010 às 7:09 pm

    Eu também não possuo twitter , e com ti, não almejo possuir . Blog , orkut e o youtube sim…eu considero boas ferramentas , com eventuais defeitos , pois muito possuem afim de degrir a imagem do outro . Como parece ser notório , a melhor forma de aparecer é falar mal de alguém.
    George Carlin em uma de suas apresentações disse ” o único ser capaz de praticar a necrofilia é o homem . O rato é um bicho nojento , mas ao menos eles respeitam um morto”.

    Responder
  • 9. Diogo C. Scooby  |  Janeiro 2, 2010 às 7:37 pm

    Uma coisa você parece ter deixado de lado…Você pode escolher que segue. Se o adolescente retardado te irrita, basta nao seguir. Eu gosto do twitter porque sempre pego umas dicas interessantes de blogs, como filmes, livros, séries, podcasts…

    O post está muito bom, e o video que colocou pra ilustrar é muito engraçado!
    Tem realmente uma porção de debilóides como o cara do video que que querem twittar sobre tudo.

    Abraço!

    Responder
  • 10. maiconkf  |  Janeiro 3, 2010 às 6:22 pm

    Tem que saber fazer bem uso.O twitter é muito bom pra mim. Estou nele faz uns 6 meses, eu uso para divulgar meu blog e o resultado é ótimo.

    Responder
  • 11. Yasmim  |  Janeiro 3, 2010 às 10:29 pm

    Assim como o orkut, My Space e Facebook, o Twitter tem sim suas utilidades.
    Com o twitter é possível saber de notícias do mundo inteiro enquanto elas estão acontecendo! Saber de shows de bandas favoritas (não é lá uma utilidade que vá mudar o mundo, mas vá lá! É uma utilidade!), saber de promoções e eventos culturais (hoje, por exemplo, a maioria dos shoppings e de grandes redes de loja têm twitter e anunciam por este meio)…
    Mas claro, entendo seu ponto de vista. O twitter é sim muito utilizado para essa auto-promoção citada por você… Todavia, é como qualquer outra ferramenta da internet: Basta saber usá-la.

    Responder
  • 12. Douglas  |  Janeiro 4, 2010 às 12:20 am

    Nem sempre as redes sociais transformam uma pessoa em solitária, existem muitas que sabem separar sua vida Online da Offline. Eu por exemplo, sou totalmente escravo da minha vida ON. Mas tenho amigos que agem ao contrário, deixando a realidade sempre em primeiro plano mesmo com um computador nas mãos.

    Eu confesso que sou solitário, mas nem por isso eu fico chamando atenção via twitter. Então vai da personalidade de cada um.

    Abordou muito bem o tema nesse artigo. =D

    OBS: Eu coloquei um link do seu blog la no Portal Nerd.

    Abraços!

    Responder
  • 13. Jonathan zZZzZZz Rodrigues  |  Janeiro 7, 2010 às 10:19 pm

    eu acabei fazendo um post sobre isso também. o pior é que esse vídeo é extremamente traumatizante pros tweetermaníacos, tanto é que merecia ter virado febre mas pelo twitter é que isso não iria ser divulgado hehehe

    e sobre esse egoismo das pessoas, cara, sei lá.. eu fico loco em como as pessoas querem ser descoladas usando qualquer tipo de rede social.

    é como um professor certa vez me disse, no orkut todo mundo é louco, gosta de parecer pirado, mas se o pai da pessoa lhe recomendar um psiquiatra o elemento se sente ofendido e… bem,. não sei onde ele quis chegar com isso mas achei engraçado.. enfim.. ah… sei lá.. perdi tudo o que estava pra dizer

    e eu tambem sou um dos que mantem o twitter mais pra divulgar seus links ahahaha

    sobre a vida ON e OFFline: o que fazer quando a OFFline te dá um pé na bunda haahha?

    e parabens aos integrantes do Blog, esta ficando cada vez melhor

    viva o movimento! com açúcar por favor!

    Responder
    • 14. The Head  |  Janeiro 12, 2010 às 3:14 am

      Cara, eu dei uma olhada lá no seu blog, MUITO BOM… Eu sinto a Força em você e é deveras poderosa…
      Mas estou com problemas em comentar lá… oO

      em cubos ou cristalizado?

      Responder
  • 15. thales urso  |  Janeiro 9, 2010 às 7:41 pm

    eu detesto o twitter… nao vejo nenhum sentido nele!! ainda nao consegui entender o que as pessoas veem de legal no twitter………………

    Responder
  • 16. Alexsandra  |  Julho 10, 2010 às 4:01 pm

    Eu uso twitter a mais de 1 ano e o vejo como uma ótima ferramenta… Como já falaram antes… Você pode muito bem seguir quem você quiser…
    Uso twitter porque gosto da ferramenta e é um meio que eu encontro de expor minhas idéias e de encontrar notícias em tempo real!
    Acho que o Twitter não é tão bom quando você está interessado em aparecer… Ou, em outras palavras, quando você quer ter 1 milhão de seguidores! Mas eu não estou nem um pouco afim de ter milhões de seguidores… Se a pessoa gosta do que eu falo lá. Ótimo, Obrigada e seja bem vindo!
    Mas tem sim um pessoal ridículo que posta: “Oi, acabei de vir do banheiro… caguei muito!” << Isso é ridículo.. Mas a pessoa consegue o que ela quer: APARECER!

    Responder
  • 17. Ellen Fabline  |  Setembro 22, 2011 às 7:13 pm

    Eu adoro twitter mas fiz um só por causa da @Lua_Blanco e @Aguiarthur só que a meses espero uma resposta deles e até hoje nada eu fico muito triste com isso

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 20 outros seguidores


%d bloggers like this: